Johnny Hooker lança o clip de “Flutua” – Assista

Como um presente de natal, o cantor Johnny Hooker lançou finalmente o clip de “Flutua”, com parceria com a Liniker, no dia 24. O clip, que conta uma história sensível de um amor gay e um manifesto contra a homofobia, tem a participação dos atores globais Jesuíta Barbosa (“Malasartes”) e Maurício Destri (“I Love Paraisópolis”).

Anúncio Publicitário:
Jesuíta Barbosa e Maurício Destri protagonizam um beijo gay no clip Flutua de Johnny Hokker (Foto: Captura de Tela YouTube)

Jesuíta Barbosa e Maurício Destri protagonizam um beijo gay no clip Flutua de Johnny Hokker (Foto: Captura de Tela YouTube)

Com cenas rodadas no centro de São Paulo, o vídeo conta a história de dois rapazes surdos que se apaixonam, quando a personagem de Destri sofre violento ataque homofóbico, após uma cena de beijo gay, debaixo do Minhocão.

Flutua de Johnny Hooker um hino ao amor gay e contra a homofobia (Foto: Captura de Tela YouTube)

Flutua de Johnny Hooker um hino ao amor gay e contra a homofobia (Foto: Captura de Tela YouTube)

“Tem uma questão muito importante dentro da história, que é a coisa inclusiva. Fala desses namoros quase impossíveis e essa violência com que a gente tem que lidar o tempo todo. Da sociedade em cima do homossexual, todo tipo de preconceito que a gente tem que enfrentar. Quando a gente alia isso também a uma questão física, acho que a gente ganha ainda mais força, por representar um lugar do social que, na maioria das vezes, a gente não trabalha. A gente não sabe lidar muito bem com a coisa”, disse o ator Jesuíta Barbosa em entrevista para o Jornal Diário de Pernambuco.

Para a revista Veja, Jesuíta já tinha se manifestado sobre as especulações sobre a sua sexualidade: “A intimidade de cada um não precisa ser colocada à tona. (…) Tem pessoas que colocam a vida pessoal em função de algo e eu acho isso muito bonito, mas falar da minha família ou com quem eu estou, não. Sou livre e fico com quem eu quiser – seja homens ou mulheres. Prefiro não me bloquear. (…) A ideia de sexualidade é um pouco deturpada. Sou um ser humano que pode acessar diversos lugares. Há artistas como (a cantora) MC Lin da Quebrada que trazem um rompimento do padrão estabelecido de sexualidade. Não é gay, não é hétero. É um ser humano.”

Johnny Hooker escreveu o roteiro em parceria com o Daniel Ribeiro, diretor do filme “Hoje eu quero voltar sozinho”, que inclusive também contava uma história de um adolescente gay, que tinha uma deficiência visual. A direção do clip ficou a cargo de Ricardo Spencer.

Capa do single Flutua com Johnny Hoocker e participação especial de Liniker que polemizou no YouTube (Foto: Divulgação)

Capa do single Flutua com Johnny Hoocker e participação especial de Liniker que polemizou no YouTube (Foto: Divulgação)

Segundo o perfil no Facebook de Johnny Hooker, o clip ficou por 24 h em 1° lugar no YouTube e ultrapassou a marca de 250 mil visualizações. Quando “Fluir” foi lançada, Hooker reclamou, em 21/07, que tanto o Facebook quanto o YouTube estavam censurando o single por causa da capa que tem um beijo com a Liniker. No dia seguinte o YouTube reconsiderou e retirou a indicação “imprópria para menores de 18 anos por conteúdo sexual” do single.

O que vão dizer de nós?
Seus pais, Deus e coisas tais
Quando ouvirem rumores do nosso amor
Baby, eu já cansei de me esconder
Entre olhares, sussurros com você
Somos dois homens e nada mais

Eles não vão vencer
Baby, nada há de ser em vão
Antes dessa noite acabar
Dance comigo a nossa canção!

E flutua, flutua
Ninguém vai poder querer nos dizer como amar
E flutua, flutua
Ninguém vai poder querer nos dizer como amar

Entre conversas soltas pelo chão
Teu corpo teso, duro, são
E teu cheiro que ainda ficou na minha mão

Um novo tempo há de vencer
Pra que a gente possa florescer
E, baby, amar, amar sem temer

Eles não vão vencer
Baby, nada há de ser em vão
Antes dessa noite acabar
Baby, escute, é a nossa canção

E flutua, flutua
Ninguém vai poder querer nos dizer como amar
E flutua, flutua
Ninguém vai poder querer nos dizer como amar
E flutua, flutua
Ninguém vai poder querer nos dizer como amar

Como amar
Como amar
Ninguém vai poder querer nos dizer como amar
Como amar
Como amar
Ninguém vai poder querer nos dizer como amar

Como amar
Como amar
Ninguém vai poder querer nos dizer como amar

Johnny Hooker,

Johnny Hooker, “Flutua” – Ninguém vai poder nos dizer como amar (Foto: Captura de Tela YouTube)

Anúncio Publicitário:
A URL encurtada deste post é: https://gay.com.br/fvhay
By | 2017-12-27T20:12:40+00:00 dezembro 27th, 2017|Categories: Música, São Paulo|Tags: , , , |

About the Author:

Redação
%d blogueiros gostam disto: